Lazer

1
O que fazer quando o amigo é só você?
2
Ainda existe amor de verdade? E você acredita?
3
Relacionamentos abusivos

O que fazer quando o amigo é só você?

 

Frase-de-amigos-verdadeiros-e-falsos.

 

Oi pessoal,

Tem horas em que pensamos será que só eu sou o amigo, só eu me preocupo?
O tempo passa nós crescemos e as amizades já não são como quando eramos crianças ou adolescentes.
Tudo muda e nossos círculos de amizades não é diferente,cada passo que damos conquistamos outras coisas e isso acontece com as amizades, claro que elas se mantém mesmo passado o tempo, as vezes a intensidade diminui, mas o sentimento continua o mesmo.
Porém é muito chato quando a outra pessoa, no caso o “amigo”, não dá a devida importância para a amizade.
O melhor tipo de amizade e aquele que vocês se encontram quando dá e olha lá, e parece que nada mudou.
E aquele caso que você se preocupa e manda mensagens, que você nunca recebe respostas, que espera um oi que nunca vem, que a pessoa nunca tem tempo para você.
Ou aquele “amigo” que você acha que tinha, aquele que você estava sempre defendendo, se doía por ele, estava sempre pronto a ajuda lo e de repente descobre que quando virava as costas, ele era o primeiro a te apunhalar, falar mal de você e te criticar para os outros claro.
Bom isso já aconteceu comigo, inúmeras vezes e com você?
Eu não mudei, não vou mudar por causa de pessoas que não dão valor para as amizades, descobri que quem perdeu foram elas, com atitudes mesquinhas e falsidades.
Quanto a você, já passou por algo deste tipo, e isso te fez mudar?
Deixe nos comentários, vamos adorar saber.

Beijos até o próximo!!!

Ainda existe amor de verdade? E você acredita?

Aí meu Deus…..Amor o que é isso? É de comer??????
Eu como qualquer menina (eu acho rsrs), lia e ouvia contos de fada…na verdade até assistia, pois passava na TV Cultura.
Eu amava e crescia pensando quando finalmente encontraria o meu príncipe.
E então eu cresci….e minha vida amorosa foi o desastre literalmente dessas que dariam um grande livro, e ao invés de encontrar o tão esperado Príncipe encontre sapos, quantos sapos, um dedo podre …aff. …
Então eu caí na real, contos de fada não existem, Príncipe então … a palavra te amo para mim era uma grande ilusão, uma grande mentira, como muitas que eu ouvi. Deixei que a amargura, a mentira me fechassem o coração e me afastei o mais que eu pude dar ilusões, paixões ou qualquer outra coisa que este sentimento pudessem me causar. Claro isso depois de quebrar a cara e acreditar em trastes!!!!
No meio destas desilusões eu tive um filho…então as coisas pioraram ….de tanto ouvir pessoas machistas e conhecer homens machistas…comecei a acreditar que realmente, os homens não levavam a sério as mães “solteiras”.
Bom passado o tempo, o meu escudo tornou se uma fortaleza e eu desacreditei do amor! E comecei a pensar da seguinte forma …não quero ninguém e isto é perca e tempo.
Porém depois a um bom tempo alguém apareceu, foi do nada, começou como amizade, sempre tive amizade com homens sem problemas, então saímos para um chopp, uma, duas, três vezes e eu mais sincera do que nunca, já falei logo “se acha que vai me levar para um motel, esta perdendo tempo, sou a pessoa errada”. E ainda não havia rolado nenhum beijinho.
E pra minha surpresa ele só me chamou de estressada!!! Kkkk
Porém em uma dessas conversas rolou o beijo….e um susto, parecia que já conhecia aquela beijo, aquela boca, meu corpo parecia ter sido transportado para outro mundo, foi uma experiência louca.
E então viemos embora de mãos dadas, porém pensei um monte de coisas e tudo o que eu acreditava, um beijo, acabou com tudo, eu já não estava tão segura, eu ja não sabia se não acreditava no amor. Mas naquele dia 04/12/2012 eu encontrei o amor e o meu Príncipe de verdade, hoje eu sei que o amor existe e ele tem o melhor para nós. …o problema é que ficamos tão ansiosos para encontra lo que aceitamos qualquer coisa e achamos que esta bom!!!
Então não aceita migalhas, se não te faz bem, não é amor….

Relacionamentos abusivos

Oi Pessoal…

O tema é difícil, porém estamos em 2016 e as histórias continuam as mesmas, “o namorado bateu na namorada” , “o marido com crise de ciúmes matou a esposa” e por aí vai!!!! Esses são os finais destes relacionamentos.
Se você conhece alguém, ou você mesmo esta vivendo em um relacionamento conturbado, em que vive triste, leia até o final, é o que eu te peço com todo o respeito e carinho, e lembre se você é a vítima e não tem culpa.

 É muito difícil reconhecer um relacionamento abusivo no seu início, por que?

Esta pessoa fará e falará de tudo para que você se sinta a pessoa mais importante do mundo. Fazendo todos os seus gostos e falando tudo o que quer ouvir.
Esse tipo de relação tem características bem específicas, a principio parece um relacionamento normal até que um dia qualquer e simplesmente do nada o “ser” começa a demonstrar quem realmente é e para o que veio.

* Comportamento Possessivo, começa a demonstrar um tipo de atitude estranha, no início parecia apenas um ciúmes bonitinho e tal, mas com o tempo quer mandar em suas roupas, atitudes, coloca defeitos em seus amigos, família e em todos que se aproximam de você, e é claro para tudo tem uma desculpa, ex: não quero você de maquiagem..você já é linda não combina; Não quero você com a fulana…não serve para ser sua amiga;
E assim vai te afastando de tudo e de todos.
Esse tipo de pessoa não gosta de ser contrariado e quando isso acontece perde totalmente o controle e começa a ofensa, não quer ver seu companheiro independente, ele quer é um dependente.
Essas ofensas parecem bobas, desde mandar o outro ficar quietinho, até chamar de burro, feio e maltrata lo de um jeito que você acredite que realmente é tudo isso! A pessoa começa acusar, inventar situações loucas de traições demonstrando desconfiança o tempo todo.

* Comportamento Agressivo, começa a acender a luzinha de alerta “algo errado”, quando você começa a pensar muito para falar algo e agir como se estivesse pisando em ovos para não aborrecer o outro. Quando contrariada ou irritada essa pessoa te ameaça, te segura com força que chega a machucar, te empurra, joga as coisas para te atingir, chutes e socos em paredes, portas…. isso não é nada normal e sim muito perigoso, disso para um espancamento falta pouco.
* Comportamento Superior, sempre demonstra ser o melhor em tudo, te menospreza, coloca apelidos ofensivos, te xinga, te deixa para baixo, ressalta os seus defeito, usa seus medos contra você, te faz sentir incapaz, te faz sentir se feia.
* Comportamento “coitado”, ele sempre voltará atrás no que fez, no que disse, sempre pedirá perdão e desculpas. Irá chorar e dizer que não consegue se controlar , que não sabe por que é assim. Fará promessas que mudará mais não as cumprirá, sempre as quebra.
Irá te manipular pedindo para não deixa lo nunca, fazendo com que você se sinta única e exclusivamente culpada por tudo o que aconteceu.
* Comportamento Confuso, humor oscilante, ex: esta tudo bem, ótimo e feliz e de repente a pessoa se torna agressiva, grita, empurra… minutos depois esta amoroso, educado e pedindo desculpas.
Sim é uma pessoa extremamente confusa.
* Comportamento Extremos, possessividade, ciúmes, violência, agressividade…não é normal, hoje infelizmente só tem aumentado a quantidade de agressões contra mulheres até a morte delas.
  Afetando o seu emocional
O pior de tudo isso e que a pessoa acaba com o que você tem de mais importante: sua autoestima.
Quando a pessoa consegue fazer isso, você se achar sem valor e chega a pensar suicídio.
Você não tem culpa de estar em um relacionamento assim, nós não temos culpa de acreditar nas pessoas erradas eu mesma já passei por isso e dei a volta por cima, e sim você é capaz.
Se você esta em um relacionamento assim não se culpe, isso não tem nada haver com inteligência, na verdade esse tipo de agressor, procura pessoas boas de coração para se envolver, ele observa muito bem antes.
Procure ajuda, converse com alguém da sua família de sua confiança;
Não seja mais uma estatística, a vítima é você;
Não seja oprimida, algumas pessoas tem essa terrível cultura de culpar as vítimas, não se deixe enganar;
Não se culpe, ajude alguém compartilhando o nosso texto;

A vítima é você, se não for pode ser alguém que você conhece, pense nisso e procure ajuda denuncie!!!

Beijos e até o próximo…


 Centros de Atendimento para Mulheres Vítimas de Violência

Os Centros de Atendimento para Mulheres Vítimas de Violência são unidades voltadas para a mulher em situação de violência doméstica e familiar. O objetivo é oferecer suporte para as mulheres que sofreram agressões, como também disponibilizar orientações jurídicas para futuras ações legais.

 Atividades desenvolvidas:
1) Orientação por telefone para mulheres que precisem de apoio e agendamento de atendimento;

2) Prestação de serviço-referência para o acompanhamento da questão da violência de gênero e para a realização dos encaminhamentos necessários a cada problema;

3) Orientação, capacitação e formação de grupos de mulheres para o enfrentamento da violência sexual e doméstica;

4) Encaminhamento para hospitais da rede municipal para atendimento de violência sexual e doméstica, inclusive nos casos de necessidade de cirurgia plástica reparadora;

Confira os pontos de atendimento da Prefeitura disponíveis na sua região:

 • Centro

Centro de Referência da Mulher 25 de Março
Rua 25 de Março, 205 – Centro
Fone: (11) 3106-1100

  • Zona Norte

CRM Casa Brasilândia
Rua Silvio Bueno Peruche, 538 – Brasilândia
Fone: (11) 3983-4294 / 3984-9816

 • Zona Sul

CRM Casa Eliane de Grammont
Rua Dr. Bacelar, 20 – V. Clementino
Fone: (11) 5549-9339 / 5549-0335

Também existem Centros de Atendimento para Mulheres Vítimas de Violência  sob gestão da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social – SMADS, que são:

  • CDCM “Mariás”
    Rua José Antônio Moreira, 546 – Pq. Novo Mundo
    Fone: (11) 3294-0066
     
  • CDCM “Espaço Francisca Franco”
    Rua Conselheiro Ramalho, 93 – Liberdade
    Fone: (11) 3106-1013
     
  • CDCM “Mulheres Vivas” 
    Rua Martinho Vaz de Barros, 257 – Campo Limpo
    Fone: (11) 5842-6462
     
  • CDCM “Casa Viviane dos Santos”
    Rua Cabo José Teixeira, 87 – Lajeado
    Fone: (11) 2553-2424
     
  • CDCM “Casa Cidinha Kopcak”
    Rua Margarida Cardoso dos Santos, 500 – São Mateus
    Fone: (11) 2015-4195
     
  • CDCM “Casa Anastácia”
    R. Areia da Ampulheta, 101 – Castro Alves – Cidade Tiradentes
    Fone: (11) 2282-4706
     
  • CDCM “Casa Maria Da Penha”
    Rua Sabbado d’Ângelo, 2085, 2º andar – Itaquera
    Fone: (11) 2524-7324
     
  • CDCM “Casa Mulher Ação”
    Rua Luís Lopes Correa, 116 – Guaianases
    Fone: (11) 2557-5646
     
  • CDCM “Casa Sofia”
    Rua Dr. Luiz Fernando Ferreira, 06 – M’boi Mirim
    Fone: 0800-7703053 / (11) 5831-3053
     
  • CDCM “Casa Zizi”
    Rua Teotônio de Oliveira, 101 – Vila Ema
    Fone: (11) 2216-7346
     
  • CDCM “Casa de Isabel – Projeto Nana Serafim”
    Rua Professor Zeferino Ferraz, 396 – Itaim Paulista
    Fone: (11) 2156-3477
     
  • CISM I “Centro de Integração Social da Mulher I”
    Rua do Fico, 234 – Ipiranga
    Fone (11) 2272-0423
     
  • CISM II “Centro de Integração Social da Mulher II”
    Rua Ferreira de Almeida, 23 – Casa Verde. 
    Fone (11) 3858-8279
     
  • CDCM “Casa da Mulher CRÊ-SER”
    Rua Salvador Rodrigues Negrão, 351 – Cidade Ademar
    Fone: (11) 3539-8130

Danny's Stuff © 2016.