Arquivo de 6 de janeiro de 2019

1
O dia a dia é as muitas jornadas
2
Pãozinho de tapioca

O dia a dia é as muitas jornadas

Olá leitores,

Quantas responsabilidades nós assumimos e nem percebemos.

Ser mãe é literalmente uma loucura e uma dessas responsabilidades.

Dividimos nosso tempo mentalmente em nossa cabeça, como e quando faremos, até que percebemos que isso nem sempre funcionará.

Somos humanas e cada uma das responsabilidades assumidas por nós exigem posturas diferentes e isso é bom. Você é filha, mãe, irmã, profissional, líder, mas esse papel depende do momento e com quem você está.

O dia começa com planos que serão executados ao decorrer do mesmo, até que acontece um imprevisto e tudo muda, nos estressamos por nos cobrar tanto. E temos que aprender que isto faz parte da vida, não temos controle sobre ela e sim, imprevistos acontecem.

E quantos as comparações, nossa cabeça de mãe e nossos questionamentos ganham vida e se tornam monstros horríveis quando encontramos os seres denominados como “mães perfeitas”, “pessoas perfeitas”, “mulheres Perfeitas”… e começam aquelas histórias, nossa fulana dá conta de tudo, fulana é ótima, o filho da Maria tem 4 anos e nunca tomou refrigerante e o seu toma? Nossa que horror, faz mal! E você pensa, poxa será que não sou uma boa mãe, não estou pensando na saúde do meu filho? Opa, hora de respirar, o que funcionam para um, não funciona para o outro, não existe um padrão a ser seguido, a vida não vem com um manual.

E alguns grupos de mães em sites de relacionamentos, são umas melhores que as outras, e as fotos das crianças impecáveis, sempre arrumadinhas, limpinhas e a mãe está belíssima e as vezes até combinando, então você pensa… como será que ela consegue? Eu mal consigo dormir! É filho, casa, marido, trabalho…

Não se compare, se isso funciona para você e sua família, se estão felizes é isso o que importa, devemos aprender a respeitar as diferenças e que ninguém é igual a ninguém.

O dia a dia já é muito corrido e nos dividimos em várias e mesmo assim ele parece muito curto, a jornada é cansativa e em alguns casos multiplicada, então seria loucura tentar viver para agradar todo mundo.

Vamos viver a nossa maneira, do nosso jeito e com quem amamos! Talvez essa seja a melhor receita a ser seguida.

Beijos e até o próximo…

Pãozinho de tapioca

1 1/2 (360 ml) Xícara de chá de leite

1/4 (60 ml) Xícara de chá de óleo

Sal à gosto

3/4 (150 gr) Xícara de chá de Tapioca granulada

1 Ovo

1 (100 gr) Xícara de parmesão ralado e mais 1 xícara de parmesão para polvilhar

1/2 (60 gr) Xícara de chá cheia de polvilho doce

Preparo

Leve uma panela ao fogo médio com o leite, óleo o sal a gosto e mexa até ferver. Reserve.

Misture em uma tigela a tapioca granulada e o leite reservado, deixe descansar por 30 minutos.

Depois da mistura fria acrescente o ovo, o queijo parmesão ralado e o polvilho doce, misture bem.

Com as mãos pegue pequenas porções de massa, faça bolinhas e passe no parmesão ralado.

Coloque as bolinhas em uma assadeira untada com manteiga e leve ao forno médio pré-aquecido a 180ºC por mais ou menos 30 minutos ou até dourar. Retire do forno e sirva em seguida.

Danny's Stuff © 2016.